quarta-feira, 24 de março de 2010


Quando você olha nos meus olhos
só refletem suas desculpas
não gira o mundo mais em azul.
Não é mais necessário correr
não vou mais te seguir por ai
como em tantos anos atrás.
Guarde suas mãos nos bolsos
hoje eles estão mais macios
e quentes do que eu.
Não traga palavras em buquê
as rosas murcharam
antes mesmo de serem cortadas.
Só lhe peço um favor
guarde os trovões que colhestes
estes podem te iluminar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário